top of page
  • vjorge

Agente de segurança privada não pode fazer revista pessoal, decide STJ

Somente as autoridades judiciais e policiais, ou seus agentes, podem promover busca pessoal. Com esse entendimento, o ministro Ribeiro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça, anulou provas obtidas a partir de revista feita por uma vigilante privada e absolveu quatro pessoas da acusação de tráfico de drogas.

Para ter acesso a todo o conteúdo da matéria, acesse:

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page