top of page

MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO SÃO REALIZADOS NA CASA DE FALSO POLICIAL FEDERAL

Homem mantinha perfil falso nas redes sociais, onde se identificava como investigador da PF desde 2019




Todas as imagens encontradas no perfil são fotografias de policiais do grupo do Comando de Operações Táticas da PF. Junto havia a mensagem “Começou um novo emprego em Polícia Federal”, com a data de início em 01 de janeiro de 2019.




Além disso, o investigado tinha um veículo com adesivos com nome de uma empresa clandestina de segurança privada. Ele foi ouvido na Delegacia de Polícia Federal em Cascavel e foi liberado.

Por enquanto, as investigações continuam e um inquérito policial foi instaurado para obter provas de outros crimes praticados com o uso da imagem e nome da PF.

Ainda na tarde desta quinta-feira deverá ser realizada uma coletiva que dará mais detalhes sobre o caso.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page